Crítica – Friends from College

Geralmente, prefiro assistir à, pelo menos, toda uma temporada antes de fazer uma crítica. Sabe, poder fundamentar melhor os fatores que levam àquela opinião. O problema é que Friends from College é uma das novas séries da Netflix, ou seja, ela é produzida inteiramente para depois ficar disponível aos clientes, então, eles não tem a chance de tentar corrigir os episódios de acordo com a opinião que vem tendo. O que se mostra um terrível engano nessa série, que foi descrita por alguém como “Uma versão mais dark de How I Met Your Mother” (sério, um soco na cara de quem disse isso).

Para qualquer pessoa, basta ver o primeiro episódio para se saber: não vai dar certo. Você precisaria ser muito ingênuo para acreditar que tem salvação a série, porque não tem. Um episódio inteiro (aqueles 30 minutos parecem intermináveis) que não é capaz de tirar uma risada de quem assiste, muito pelo contrário na verdade. Mas vamos por partes.

A série é formada de personagens pouco carismáticos e alguns inclusive repugnantes, mas de modo algum a culpa é do elenco, mas sim do roteiro. Temos um caso que vem ocorrendo há mais de 20 anos, entre Ethan (Keegan Michael- Key), marido de Lisa (Colbie Smulders) e Sam (Annie Parisse), que é casada com alguém que não tem importância. Temos a amiga que oferece a casa para Ethan e Lisa ficarem em Nova Iorque, enquanto não acham um local para morar, e que sabe de todo o caso.

Ethan é um fracasso de escritor, que só ganhou prêmios que ninguém conhece e sua mais recente obra, que vem escrevendo há mais de 2 anos é uma porcaria que todos que leram odiaram, e ele faz caretas ridículas e vozes estranhas, que somente crianças que assistem Peppa Pig achariam engraçado. E o pior, Ethan e Lisa estão tentando ter filhos. Enquanto Lisa e Ethan estão a caminho da casa de Marianne, fica claro o desconforto da personagem de Smulders em se reunir com o grupo, que aparentemente sempre que se reuniram desde a graduação foi só para mostrar quem está melhor que quem.

A série falha em nos fazer gostar dos personagens, nos identificarmos com eles ou sequer ficarmos curiosos sobre o que vai acontecer. Chegamos ao final do episódio com a sensação de ter jogado os últimos 30 minutos e não dá coragem de assistir o resto.

Anúncios

Batom Marc Jacobs Kiss Kiss Bang Bang

Recebi de presente da loja Sephora um lindo kit (já falado aqui) da marca Marc Jacobs. Agora chegou a hora de fazer uma review báásica do produto.

Sim, ele é pequetuxinho, mas olha que reeeeende que é uma beleza!

É minha nova paixão, dura muito tempo e tem essa cor que é uma delícia!

A cor é a Kiss Kiss Bang Bang.

20160804_155605_HDR

Apaixonada!

Com o batom e o delineador do kit:

20160804_155802_HDR

(de capuz porque meu cabelo tava num dia DAQUELES!)

Já pegaram o seu brinde? Ficaram com alguma dúvida desse luxo de batom? 🙂

Lentes Coloridas!

Hoje, depois de meses de espera, chegaram minhas lentes coloridas! Sim, sou daquelas que é apaixonada por cosplays, em breve, estarei publicando o que eu tenho aqui 🙂

Estarei mostrando a violeta que chegou hoje.

Então, aqui ela no recipiente onde veio:

20150414_213428 20150414_213417[1]

Aqui, um olho com ela (foto com flash, para poder ver bem os detalhes dela, quase ceguei o_<):

olho com lente roxa

E aqui sem lente, para comparação:

olho sem lente

Super discreta, não é? Claro, com um olho claro o resultado seria completamente diferente, mas adorei, não ficou nada “esquisitão” ^_^. Muito amor por ela <3.

Sim, comprei ela direto do Ebay. Tenho um par verde (estarei postando em breve) que comprei aqui no Brasil, e não vi ainda diferença entre elas, achei de ótima qualidade. 🙂

Estarei postando mais seguidamente, junto com um layout novo, prometo!

Comprando na Gringa: riscos!

Um detalhe importante sobre mim é que compro muito coisa de fora do país, muito antes dos Aliexpress da vida ficarem famosos por aqui (e é, dificultarem um pouco a vida dos compradores antigos ^_^”) e se tem uma coisa que aprendi é: mantenha suas expectativas baixas sobre as compras! Já tá pagando mais barato, então sempre bom esperar pelo piorzinho, que quando vem coisa +-, você não tem tanta decepção, e quando vem algo muito bom, a alegria é imensa!

Mas por que dizer isso agora? Trouxe 2 casos que ilustram perfeitamente bem a situação:

Caso 1 – A decepção:

O que deveria ser:                                                 O que chegou:

blusa amarela como eh blusa amarela

Nada a ver hein? Nessas horas você pode reclamar com o vendedor, dar um péssimo feedback para a compra, já que isso é muito importante, eles costumam tentar um acordo com o comprador. Mas vamos para o segundo exemplo!

Caso 2 – A boa surpresa!

O que deveria ser:                                                  O que chegou:

ursao ali 1ursao ali 2

Lindo né? Claro, ele vem sem nada por dentro, o comprador que tem que forrar o bixinho 🙂 e tem 1,20M! Mas entrou para minha lista de compras!

Para o(a)s interessado(a)s nos links (seja para comprar, ou evitar) segue abaixo, e dos respectivos donos das fotos!

Mia.

Blusa amarela

Ursão de pelúcia

Compradora blusa

Compradora do ursão

É Black Week!

Uma das minhas intenções com esse blog é poder comentar produtos, cosméticos, essas coisinhas, que eu uso e acho interessante ler e postar informações sobre eles, compartilhar, sabe? Então, essa semana está sendo maravilhosa para adquirir produtos, sites como o Beleza na Web com produtos maravilhosos, como da nova fórmula da Schwarzkopf, na linha Bonacure, com preços pela metade do normalmente praticado! Não tem como perder! 😉 Tantos boletos já!

Mas claro, tem que ter aquele fundo especial para a sexta feira, quando é de fato, Black Friday! Volto com mais novidades assim que possível!

Mia

Quanto melhor, pior

Ah, a ressaca. Aquele infeliz pagamento que temos de fazer pelos momentos de diversão que tivemos, que me faz refletir, quantas coisas na nossa vida que, depois de termos ótimos momentos fazendo algo, depois nos deparamos com um amargo preço a se pagar? Num momento, você se delicia com um sorvete, uma torta, depois vem o aumento na balança 😦 ou mesmo a malhação, no dia seguinte você se sente com 80 anos, procurando sua bengala. E claro, a alegria e espontaneidade que o álcool te traz (e que para uma pessoa tímida como eu, é indispensável), tem seu preço cobrado no dia seguinte, no meu caso, meu estômago não me deixa em paz.

Vou melhorar os assuntos aqui, mas por hora, a ressaca me domina.

Mia.

Primeiro post!

A vontade de criar um novo blog já vinha há tempos, tantas vontades, desejos, novidades a serem compartilhadas, mesmo com ninguém, acabavam sempre sendo postas de lado. Espero agora poder por em prática. 🙂

Bem vindos!